Notícias Internas

    Fórum Latinoamericano de Portos debate a retomada econômica dos países e do setor

    A quinta edição do Fórum Latinoamericano de Portos, realizado virtualmente entre os dias 10 e 12 de novembro, voltou sua atenção para as perspectivas do comércio marítimo pós-Covid, além da análise da situação de mercados como Caribe e novos modelos logísticos da América Latina.
    Como representante do Brasil, a Diretora Executiva da ATP, Luciana Guerise, participou de dois painéis, nos quais destacou a movimentação portuária brasileira e sua concentração de 67%, nos Terminais de Uso Privado (TUPs), além dos entraves e desafios para o crescimento do setor.

    “No Brasil, a intervenção regulatória é muito densa. Muitas vezes o regulador não só quer aplicar as normas, mas também quer dizer ao setor privado como fazer a operação portuária”, observou a Diretora. Por outro lado, comentou que existe disposição do governo, em especial do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, para flexibilizar regras, respeitar a dinâmica mercadológica e atrair investimentos.

    Já o segundo painel, o evento debateu os temas governança e investimentos no setor portuário. Luciana apontou que além dos investimentos em terminais, o governo brasileiro estuda a possibilidade da concessão de portos públicos. “É uma boa opção para resolver problemas históricos, como a dragagem, acessos terrestres, dando mais celeridade à gestão dos contratos e prestação de serviços”, opinou.

     

    Joana Wightman
    Coordenação de Comunicação ATP
    Contatos: (61) 3032-1931 / 3201-0880 / 98483-5503
    comunicacao@portosprivados.org.br

    Publicado em 13/11/2020
    Image
    Image
    Image

    INFORMAÇÕES GERAIS

    SEDE

    SAUS Quadra 1 - Bloco J – Torre B - 7º andar. Ed. CNT
    CEP: 70.070-944 – Brasília/DF